#Contecomigo – Nutrição

Seguindo nossa proposta da Campanha #contecomigo , ao longo das próximas semanas vamos conversar sobre os 8 Remédios da Natureza. Cada semana publicaremos algumas dicas importantes pra quem deseja viver um estilo de vida saudável e prevenir doenças. Nesta semana iniciaremos falando sobre a importância da NUTRIÇÃO.

A investigação científica tem provado os benefícios de uma alimentação balanceada e natural. Quando comemos alimentos naturais, não refinados e sem conservantes, podemos evitar muitas doenças e até inverter a sua evolução. É claro que os alimentos podem e devem ser agradáveis. Ao contrário da percepção popular, uma alimentação balanceada não precisa significar ausência de prazer.

A nossa alimentação diária deve incluir alimentos variados, com diferentes combinações que favoreçam todos os nutrientes necessários para uma vida saudável.

A proteína, por exemplo, pode ser obtida através de  feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, soja, entre outros. Vale observar que as oleaginosas são uma boa fonte de proteína, mas devem ser usadas com moderação, devido ao seu alto teor em gorduras. Até mesmo os vegetais, como os brócolos e as batatas contêm proteína e são ricos em vitaminas e minerais. Existem muitos mitos, quanto à necessidade diária de proteína. A maior parte das pessoas consome em excesso, e isso pode sobrecarregar os rins.

Os hidratos de carbono são uma boa fonte de energia alimentar, mas é prudente limitar o uso de hidratos de carbono simples (o açúcar), que se encontram nas sobremesas, nos doces e caramelos, nos refrigerantes e nos cereais adoçados. Os hidratos de carbono complexos são muito melhores para a nossa saúde. As batatas, o arroz integral, o pão integral e os cereais integrais são boas fontes de hidratos de carbono complexos.

Devemos limitar o uso da gordura na nossa alimentação. Gorduras saturadas devem ser evitadas ao máximo, favorecendo o uso de gorduras de origem vegetal, como o abacate, as azeitonas, as sementes e as oleaginosas, que ao serem usadas com moderação, são muito mais saudáveis do que a gordura animal. Se consumir lacticínios, escolha-os magros.

A fibra é como uma vassoura dentro do nosso corpo, que mantém o aparelho digestivo limpo e em bom estado. As frutas frescas, as verduras, as oleaginosas e os cereais integrais são ricas em fibra. As carnes, os produtos lácteos e os alimentos refinados não têm fibra e tendem a obstruir o aparelho digestivo, o que leva à doenças.

O sódio (sal) está presente em muitos alimentos, tais como produtos derivados da carne, alimentos enlatados, alimentos pré-cozidos e até em cereais. Em excesso acaba por promover a hipertensão arterial e as doenças cardíacas. Cuidado com o sal e tente limitar o seu uso na alimentação.

O que devo comer?

  • Acreditamos que uma alimentação vegetariana equilibrada é a melhor opção sempre que possível.
  • Coma todos os dias frutas e verduras em abundância.
  • Coma cereais integrais (cereais refinados perdem praticamente toda a fibra, vitaminas e minerais que possuem), que são importantes para ajudar no sentimento de saciedade, contribuem para evitar excessos e a obesidade.
  • Inclua legumes e oleaginosas na sua alimentação, com destaque à primeira refeição do dia, a qual deve conter mais calorias do que as outras.
  • Prefira alimentos ricos em proteína e hidratos de carbono complexos.
  • Tenha equilíbrio na última refeição do dia e procure comer com antecedência em relação ao seu horário de dormir. Isso vai te ajudar a ter uma melhor noite de sono e mais energia no dia seguinte.

Para manter seu corpo saudável e cheio de vitalidade é importante comer com boa variedade, na forma mais natural possível e sempre com moderação. Acompanhe nossa série ao longo das próximas 8 semanas sobre os Remédios da Natureza.

Aproveite e viva com saúde!

Entre em contato para dúvidas e informações complementares:
informa.coronavirus@silvestresaude.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiada na tradição de um dos melhores e mais tradicionais hospitais do Rio de Janeiro.

Onde nos encontrar

Acompanhe nossas redes